Aumento no volume da Energia Natural afluente favoreceu queda no PLD

A Energia Natural Afluente (ENA) acumulada, que mede as vazões nos submercados, atingiu 106% da Média de Longo Termo (MLT) no Nordeste até o dia 09/02/16, com alta de 7 pontos percentuais em relação ao volume observado no primeiro dia do mês. A melhora impactou o Preço de Liquidação das Diferenças (PLD) praticado neste submercado, que voltou a cair nesta semana, para R$ 111,65/MWh.

Nos demais submercados, onde o PLD mantém-se no patamar mínimo, de R$ 30,25/MWh, houve diminuição nos percentuais da ENA acumulada quando comparados à média histórica do período.

Fonte: Operador Nacional do Sistema (ONS)/ Dados de 10/02/16

Fonte: Operador Nacional do Sistema (ONS)/ Dados de 10/02/16

Os dados mais recentes do Operador Nacional do Sistema (ONS) também revelam as projeções das ENAs para o fechamento de fevereiro. A ENA do Nordeste deve terminar o mês em 96% da MLT, enquanto o Norte deve alcançar 111%, o Sudeste/Centro-Oeste, 89% e o Sul, 168% da média histórica.

Fonte: Operador Nacional do Sistema (ONS)/ Dados de 15/01/16 LS – Limite Superior/ VE – Valor Esperado/ LI – Limite Inferior

Fonte: Operador Nacional do Sistema (ONS)/ Dados de 15/01/16
LS – Limite Superior/ VE – Valor Esperado/ LI – Limite Inferior

O ONS também divulgou as projeções do impacto da ENA de cada submercado na formação do Custo Marginal de Operação (CMO), com cenários dentro, acima e abaixo da expectativa.

Fonte: Operador Nacional do Sistema (ONS)/ Dados de 15/01/16 LS – Limite Superior/ VE – Valor Esperado/ LI – Limite Inferior

Fonte: Operador Nacional do Sistema (ONS)/ Dados de 15/01/16
LS – Limite Superior/ VE – Valor Esperado/ LI – Limite Inferior

 

Como reduzir custos na sua empresa

Separamos 6 dicas para te ajudar com a economia de energia no final do mês.

Baixar ebook

Mais notícias sobre Energia Renovável