Fonte: ONS

Fonte: ONS

A energia armazenada nos submercados segue em tendência de queda, principalmente no Nordeste.  Em contrapartida, o Sul, na terceira revisão do Relatório Executivo do PMO (REPMO), tem previsão de terminar outubro com 94,8% da capacidade máxima de armazenamento.

Até o momento, o maior crescimento da região Sul ocorreu entre as semanas 2 e 3 de outubro, quando o nível dos reservatórios subiu mais de 10 pontos percentuais, saindo de 79,7% para 90%.

Vale ressaltar que o nível dos reservatórios dessa região é consideravelmente menor do que o maior submercado, representando apenas 10% do total do Sudeste.

O Nordeste, por sua vez, é o submercado com a situação mais crítica. A previsão de encerramento do mês é de apenas 6,8% do total de armazenamento, cerca de 3.522 MWmédios. Considerando que a carga do Nordeste no mês de outubro é de 10.385 MWmédios, ainda faltariam 6.863 MWmédios para suprir totalmente a carga deste submercado, mesmo se for utilizando todo o reservatório.

Como reduzir custos na sua empresa

Separamos 6 dicas para te ajudar com a economia de energia no final do mês.

Baixar ebook

Mais notícias sobre Energia Renovável