Economia, eficiência e sustentabilidade. Quando pensamos em energia elétrica, buscamos caminhos que nos levem a estas três palavras.

Hoje, para alcançar o sucesso, é necessário traçar um bom planejamento e acompanhar seu desenvolvimento de perto.

Mapear os pontos estrat√©gicos da sua empresa antes da contrata√ß√£o de energia j√° n√£o se trata apenas de uma preocupa√ß√£o interna de cada empresa, mas tamb√©m uma prote√ß√£o para a instabilidade do setor el√©trico que se estabeleceu nos √ļltimos dois anos.

Por isso, nesse texto falaremos sobre como o plano energético, conduzido por boas políticas de energia, pode ser fundamental para garantir a segurança e estabilidade do cenário energético brasileiro.

Descomplicando o Setor Elétrico Mundial

Pensando nos √ļltimos dois anos, partindo de uma perspectiva pand√™mica, o mercado de energia mundial vem sofrendo grandes transforma√ß√Ķes, √† medida em que se fez necess√°rio buscar por alternativas de sustenta√ß√£o.

Novas condutas de geração, outras fontes de energia ganhando espaço e uma preocupação com as políticas de energia atuais estão movimentando o setor para que seja possível acompanhar o crescente consumo elétrico e o curso do desenvolvimento sustentável.

A linha de a√ß√£o mais comum entre os pa√≠ses para frear os custos e as emiss√Ķes de poluentes √© reduzir o consumo. Assim, otimiza-se os processos internos para ter um melhor aproveitamento do recurso contratado. Estrat√©gias de efici√™ncia energ√©tica est√£o presentes na gest√£o de energia das empresas e realmente mostram resultados.

Por√©m, √© not√≥ria a relev√Ęncia que o tema responsabilidade socioambiental ganhou e como √© urgente a cria√ß√£o de um plano de a√ß√£o que cumpra com o pleno abastecimento das regi√Ķes, com o equil√≠brio de custos e tributos e claro, com o crescimento sustent√°vel.

Confer√™ncias mundiais, como a de Estocolmo (1972) e a Eco-92, por exemplo, j√° conversavam sobre quest√Ķes ambientais com o objetivo de dar in√≠cio aos projetos de freamento do impacto ambiental para garantir a sa√ļde do planeta para gera√ß√Ķes futuras.

O momento √© de crise, principalmente no Brasil, que vive um cen√°rio dif√≠cil para administrar sua matriz energ√©tica. Mesmo trabalhando com o m√≠nimo poss√≠vel, o fornecimento de energia ainda √© caro e muitos empres√°rios buscam formas de se proteger das oscila√ß√Ķes do mercado.

O planejamento energ√©tico, se colocado em pr√°tica de forma eficiente, provou ter grande utilidade para identificar boas solu√ß√Ķes de abastecimento de energia para a sociedade, analisando de modo conclusivo os crit√©rios e t√©cnicas para atender a demanda atual.

Neste momento as empresas irão analisar as possíveis fontes de energia e os impactos que essa produção terá no ambiente, na economia e na sociedade, além de adequar equipamentos tecnológicos para otimizar o uso do recurso.

O planejamento energ√©tico √© fundamental para estabelecer uma boa rela√ß√£o entre consumo, meio ambiente e desenvolvimento econ√īmico.

Saiba mais sobre Gerenciamento de Energia no Mercado Livre com nossos especialistas no blog Panorama:

>> Gerenciamento de energia elétrica: O passo a passo para uma boa gestão!
>> Como a gest√£o da sua energia est√° impactando os seus resultados?

Diversidade e equilíbrio na matriz energética brasileira

Colocando como um dos objetivos do plano energético trazer mais segurança e estabilidade dentro do mercado de energia, é preciso que se invista na diversidade da matriz energética.

O Brasil vive atualmente um mix equilibrado de fontes de energia que juntas suprem a demanda do sistema. Segundo a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), a matriz energética brasileira conta com cerca de 48% de fontes renováveis e o restante representa fontes não renováveis. Já quando falamos exclusivamente de energia elétrica, este percentual é superior a 75%.

Dentro de cada categoria (renovável ou não renovável), existem fontes já consolidadas no mercado e outras que ainda estão em ascensão, junto à nova visão estratégica de condução da matriz energética do Brasil.

O equilíbrio entre as fontes garante vantagens interessantes para aquecer o sistema elétrico, como por exemplo o estímulo da atuação de novas tecnologias, redução de tarifas e proteção ambiental, sem sobrecarregar nenhuma das fontes. Além disso, como várias das fontes são sazonais (só há energia hidrelétrica com chuvas, energia solar com sol, energia eólica com vento, e nem sempre essas fontes se abastecem linearmente), a diversificação da matriz é fundamental para garantir suprimento em todos os períodos do dia no sistema interligado nacional.

As fontes protagonistas que garantem o abastecimento da demanda nacional hoje são a biomassa, hidráulica, petróleo e o gás natural. A operação de fontes renováveis cresce ao passo que o mercado abre espaço para estimular os investimentos.

fontes-de-energia-renov√°veis-dados-abraceel

 

Vamos falar sobre as políticas de energia atuais?

Muito se fala sobre as responsabilidades e objetivos dos grandes consumidores, mas é importante estar atento também aos projetos de leis e emendas brasileiras, para entender de que forma elas apoiam o desenvolvimento sustentável do setor.

Sabemos da abund√Ęncia de recursos e do potencial energ√©tico do Brasil, e estes pontos serviram como base para moldar o sistema que temos hoje. A aten√ß√£o voltou-se, principalmente, para quatro pilares fundamentais - quest√Ķes ambientais, seguran√ßa energ√©tica, ambiente favor√°vel para investimentos e abastecimento total da popula√ß√£o.

Dentre os princ√≠pios das pol√≠ticas p√ļblicas de energia, foram estruturadas novas orienta√ß√Ķes para o aprimoramento do funcionamento de todo o sistema. Podemos considerar princ√≠pios importantes para o tema deste texto, a promo√ß√£o do desenvolvimento sustent√°vel, previsibilidade para que os riscos sejam alocados e efici√™ncia energ√©tica para o uso racional da √°gua e redu√ß√£o dos custos.

Temos em atuação dois planos que servem de guia para avaliar o desenvolvimento das condutas nacionais, visando otimização e expansão. São eles:

  • Programa Mensal da Opera√ß√£o (PMO); 
  • Plano Decenal de Expans√£o de Energia (PDE).

O PMO debate estudos realizados a fim de aprimorar o planejamento de expans√£o, mantendo a rede de agentes atualizada sobre as informa√ß√Ķes de atividade do setor, que incluem n√≠vel dos reservat√≥rios, status de gera√ß√£o e transmiss√£o, an√°lise das condi√ß√Ķes meteorol√≥gicas e n√≠vel de aproveitamento das fontes geradoras.

>> Aproveite para conferir o episódio do Comercast com a Taina Mota, consultora de estudos do Mercado na Megawhat, sobre o panorama dos reservatórios de energia: clique aqui.

Já o PDE é um plano de refreamento e ajustes operacionais que pretende adequar o sistema elétrico de acordo com as mudanças climáticas.

Considerando períodos de dez anos, o plano decorre numa ótica informativa, voltada para a sociedade, com as perspectivas para o futuro do setor, na tentativa de auxiliar os agentes em um cenário mais complexo.

>> Ou√ßa tamb√©m a Luma Boufleur, respons√°vel pelas √°reas de intelig√™ncia regulat√≥ria e educa√ß√£o na Megawhat, falando sobre as previs√Ķes da edi√ß√£o PDE 2031 no Comercast:

 

O futuro do consumo de energia no Brasil: Desafios x Oportunidades

Ainda em um contexto de recuperação pelos efeitos causados pela pandemia, o setor elétrico brasileiro pretende aproveitar o momento para estabelecer novas diretrizes de consumo e traçar uma linha de recuperação de potencial.

Os dados de oferta e demanda de energia começaram a subir novamente, após a baixa registrada em 2020. Grandes empresas voltaram aos níveis médios de consumo pré-pandemia, em alguns casos até superior, evento que se explica, principalmente, pela retomada da economia.

Fato √© que, a reestrutura√ß√£o do setor el√©trico p√≥s crise mundial, abriu novas possibilidades de investimentos, que interessam donos de com√©rcios e ind√ļstrias.

O que se espera √© um aumento significativo do consumo per capita no Brasil, considerando novas disposi√ß√Ķes de trabalho e o desenvolvimento de tecnologias, tendo como base um grande impulsionamento das fontes de energia renov√°veis.

As previs√Ķes feitas pelo PDE s√£o interessantes para o cen√°rio brasileiro e falam sobre um aumento do uso da energia e√≥lica e solar para o abastecimento da nossa matriz, o que implica em novas condutas das distribuidoras de energia.

transição-energética

 

Comerc Energia: Sua aliada para solu√ß√Ķes sustent√°veis visando a transi√ß√£o energ√©tica!

Pense na tranquilidade de ter uma gestora especializada para cuidar das negocia√ß√Ķes de energia do seu empreendimento no mercado livre.

A melhor forma de garantir seguran√ßa durante uma transi√ß√£o energ√©tica √© se apoiar em empresas que acompanhem o mercado e ofere√ßam solu√ß√Ķes pr√°ticas.

Por isso, sabendo do cen√°rio movimentado que se estabeleceu no setor el√©trico brasileiro hoje, n√≥s da Comerc estudamos para nos aprimorar e encontrar boas op√ß√Ķes de neg√≥cio para voc√™.

Investir em energia sustent√°vel se mostrou uma a√ß√£o com potencial para os pr√≥ximos anos. Se voc√™ pretende come√ßar um projeto pensando em fontes renov√°veis, a Mori Energia pode ser uma boa aliada para um primeiro direcionamento.

A Mercury Renew e a Sou Vagalume tamb√©m s√£o empresas do grupo Comerc que integram o setor de gera√ß√£o e s√£o especializadas em gera√ß√£o centralizada e gera√ß√£o remota, respectivamente, que s√£o formas mais baratas de contrata√ß√£o de energia.

Diferentes a√ß√Ķes, em diferentes setores podem contar com a log√≠stica de gest√£o da Comerc, que possui estrat√©gias de efici√™ncia energ√©tica para implementar na sua empresa, garante certificados de a√ß√Ķes sustent√°veis e te ajuda a acompanhar de perto o movimento do mercado de energia, pelo App Powerview, na palma da sua m√£o.

Sim! Tudo isso em um mesmo lugar. Entre em contato com nossa equipe. √Č r√°pido e f√°cil e voc√™ vai entender como o mercado de energia pode proporcionar vantagens competitivas para a sua empresa.

Converse com nosso time e venha tornar sua gest√£o ainda mais eficiente.

Quer saber mais sobre nossas solu√ß√Ķes? Fale com nossos especialistas!

 

 

Como reduzir custos na sua empresa

Separamos 6 dicas para te ajudar com a economia de energia no final do mês.

Baixar ebook

Mais notícias sobre Energia Renovável