Você sabe o que é economia Net Zero?

‚ÄčA economia Net Zero √© um modelo sustent√°vel que vem ganhando relev√Ęncia no mercado mundial. 

A Comerc Energia est√° convicta e acredita de que a transi√ß√£o para uma economia neutra em carbono at√© 2050 √© poss√≠vel com os parceiros, metas e objetivos certos. Al√©m disso, vemos descarboniza√ß√£o como uma grande oportunidade para  gerar empregos, melhorar a qualidade do ar e criar visibilidade √†s empresas sustent√°veis.

Para ajudá-lo a se inteirar sobre o tema Net Zero, criamos uma matéria no blog Panorama com as 5 principais perguntas sobre descarbonização. Confira!


#1: O que é Descarbonização?

Ao iniciar a jornada Net Zero para sua empresa, existem termos essenciais e que são extremamente mencionados em arquivos, matérias, diagnósticos e inventários ao redor do mundo. Mas, afinal, o que quer dizer "descarbonização"?

Para iniciar, a descarboniza√ß√£o √© o processo de redu√ß√£o de emiss√Ķes de carbono na atmosfera, especialmente de di√≥xido de carbono (CO2). Seu objetivo √© alcan√ßar uma economia global com emiss√Ķes reduzidas para conseguir a neutralidade clim√°tica atrav√©s da transi√ß√£o energ√©tica.

Dessa forma, entende-se por descarboniza√ß√£o a ado√ß√£o de variadas medidas capazes de reduzir as emiss√Ķes antropog√™nicas de carbono resultantes de um processo, organiza√ß√£o, servi√ßo ou setor.

Sendo assim, ao contexto regulat√≥rio, existem diversos benef√≠cios relacionados √†s a√ß√Ķes de descarboniza√ß√£o, onde dividimos em 2 principais pilares:

  • Benef√≠cios F√≠sicos
    Estes benefícios são relacionados à minimização dos riscos das mudanças climáticas, incluindo elevação dos
    níveis dos oceanos, catástrofes climáticas, e acentuação de eventos extremos.

  • Benef√≠cios Institucionais
    Estes benef√≠cios s√£o relacionados √† minimiza√ß√£o dos riscos transacionais, tais como: legisla√ß√Ķes mais restritivas, imposi√ß√£o de novastaxa√ß√Ķes e impostos, ado√ß√£o de tecnologias disruptivas, al√©m da minimiza√ß√£o de riscos de lit√≠gios.

#2: Qual a relação entre a Descarbonização e a Sustentabilidade?

 A descarboniza√ß√£o √© uma medida crucial para que possamos garantir um futuro sustent√°vel, considerando que a sustentabilidade √© definida como a capacidade de satisfazer as necessidades presentes, sem comprometer a capacidade das gera√ß√Ķes futuras de suprir suas pr√≥prias necessidades.

O IPCC estima que precisamos descarbonizar em 43% a economia mundial at√© 2030 e atingirmos o status de carbono-neutro at√© 2050*, para limitarmos o aumento da temperatura terrestre em 1.5¬ļC. O n√£o atingimento do limite de temperatura estabelecido pelo Acordo de Paris poder√° acarretar na escassez severa de recursos naturais e perda irrepar√°vel de biodiversidade, comprometendo a disponibilidade de recursos para as gera√ß√Ķes futuras.

#3: Quais são os principais desafios da Descarbonização?

A descarboniza√ß√£o √© prioridade para governos, √≥rg√£os reguladores do setor e empresas multinacionais, estando presente nas principais pautas em reuni√Ķes e regulamenta√ß√Ķes.  Dito isso, as grandes empresas t√™m um papel fundamental no processo de descarboniza√ß√£o, j√° que s√£o as principais emissoras, mas as pessoas tamb√©m podem fazer a sua parte, j√° que √© um processo que visa trazer qualidade de vida para todos.

Entre os principais desafios da descarbonização podemos citar:

  • Ado√ß√£o de novas tecnologias;
  • Seguran√ßa energ√©tica;
  • Substitui√ß√£o de mat√©rias-primas de alto teor de carbono; incorporados essenciais para a ind√ļstria (ex. cimento, a√ßo, petroqu√≠micos, etc.
  • Alto custo inicial com o aumento de custos da produ√ß√£o;
  • Falta de conhecimento sobre o tema e assuntos correlatos;
  • Mudan√ßas no comportamento do consumidor.

Descarbonização

Est√° curtindo saber mais sobre descarboniza√ß√£o? Inscreva-se em nossa Newsletter do Panorama e explore conte√ļdos exclusivos!

#4: Quais são os esforços globais para descarbonização?

Desde 1992 ocorrem as COPs (Confer√™ncia das Partes), nas quais os pa√≠ses se re√ļnem e tratam das a√ß√Ķes e metas de redu√ß√£o de emiss√Ķes para conten√ß√£o dos efeitos do aquecimento global, cujas resolu√ß√Ķes podem ser resumidas em:

‚ÄĘ UNFCCC (United Nations Framework Convention on Climate Change 1992)
- Consenso internacional que abordou o problema das mudanças climáticas.
- Deu in√≠cio √†s reuni√Ķes da Confer√™ncia das Partes (COP, na sigla em ingl√™s).

‚ÄĘ Protocolo de Quioto (1997)
- Foi criado em 1997, em Kyoto, no Jap√£o, mas somente entrou em vigor em 16 de
fevereiro de 2005.
- Baseado em responsabilidades comuns, mas diferenciadas.

‚ÄĘ Acordo de Paris (2015)
- Atualização do regime global de combate à mudança do clima.
- NDS: Compromissos elaborados segundo as circunst√Ęncias nacionais de cada pa√≠s
- Artigo 6: Fomentar uma maior ambição dos países para atingimento dos objetivos do
Acordo de Paris: ‚ÄúResultados de mitiga√ß√£o internacionalmente transferidos‚ÄĚ (ITMOs,
na sigla em inglês) e Mecanismo de Desenvolvimento Sustentável (MDS).

Desde ent√£o, pode-se dizer que os protocolos para a descarboniza√ß√£o s√£o os compromissos de redu√ß√£o de emiss√Ķes de GEE assumidos pelos pa√≠ses signat√°rios do Acordo de Paris (2015).

#5: Quais as solu√ß√Ķes dispon√≠veis para a descarboniza√ß√£o?

No Programa Ambiental das Na√ß√Ķes Unidas foram definidas como estrat√©gias cruciais para descarboniza√ß√£o. Entre as medidas, algumas podem ser relacionadas ao longo prazo para serem adotadas globalmente:

  • Transi√ß√£o do setor de gera√ß√£o de energia para matrizes energ√©ticas renov√°veis e descomissionamento de termel√©tricas movidas a carv√£o.
  • Transi√ß√£o do setor de transporte para frotas el√©tricas ou movidas a combust√≠veis n√£o-f√≥sseis.
  • Eletrifica√ß√£o do setor de constru√ß√£o civil pela ado√ß√£o de tecnologias de aquecimento e resfriamento baseados em energia el√©trica (em detrimento do aquecimento a base de g√°s e carv√£o comumente utilizado em outros pa√≠ses) e aumento de efici√™ncia dos sistemas HVAC e conforto t√©rmico das habita√ß√Ķes em geral.
  • Elimina√ß√£o do desmatamento ilegal e recupera√ß√£o dos estoques naturais de carbono.
  • Mudan√ßas nos processos industriais para uso de eletricidade oriundas de fontes renov√°veis, aumento da circularidade, maior efici√™ncia no uso de materiais, e substitui√ß√£o de mat√©rias-primas com alto teor de carbono
    incorporado.
  • Aprimoramento do manejo de terras destinadas √† agricultura, redu√ß√£o da
    geração de resíduos e transição para cultivos mais sustentáveis.



Quer saber mais sobre DESCARBONIZAÇÃO? Ouça o Comercast: o nosso podcast semanal com a participação de nossos especialistas.
>> Comerc IMPACTA: Conheça o primeiro passo para a jornada sustentável da sua empresa

>> Certificados de energia renovável são uma boa estratégia para a minha empresa?
>> Como a Comerc Energia pode ajudar as empresas na descarbonização energética?

 

Sobre o Grupo Comerc Energia

O Grupo Comerc Energia √© a mais completa Plataforma de Solu√ß√Ķes Renov√°veis em Energia e Descarboniza√ß√£o do Brasil. Sendo reconhecida como a maior comercializadora de energia do pa√≠s, contendo 16% do Market Share.

Com quase 21 anos de atua√ß√£o e um portf√≥lio composto por cerca de 3,8 mil unidades de consumo, a companhia fechou 2021 com um faturamento de R$ 3,8 bilh√Ķes.  

Atualmente, a estrutura do Grupo Comerc √© ancorada em cinco verticais de neg√≥cios, reunindo em seu portf√≥lio gera√ß√£o renov√°vel centralizada, gera√ß√£o distribu√≠da, comercializa√ß√£o de energia, efici√™ncia energ√©tica, medi√ß√£o setorizada e gest√£o de consumidores no mercado livre. Juntas essas solu√ß√Ķes tornam fact√≠vel o caminho para a descarboniza√ß√£o do seu neg√≥cio.  
 

HEADER_emkt_03_v0-1

 

T√° esperando o qu√™? Entre em contato com quem entende do assunto! Venha para a Comerc Energia! 

 

 

Como reduzir custos na sua empresa

Separamos 6 dicas para te ajudar com a economia de energia no final do mês.

Baixar ebook

Mais notícias sobre Energia Renovável