Análise Semana 5 (25/07 a 31/07)

 A expectativa do ONS de Energia Natural Afluente para esta semana é de 103% da MLT para o Sudeste, 293% para o Sul, Nordeste com 48% e Norte com 72% da MLT. Na média mensal, a previsão da MLT no Sudeste é de 131% da MLT, no Sul de 252%, no Nordeste de 50% e o Norte com 84%. A expectativa mensal de Julho com relação à MLT, quando comparada a revisão anterior realizada pelo ONS, praticamente não mudou nos submercados Sudeste, Nordeste e Norte. Já, no submercado Sul, a expectativa de ENA aumentou cerca de 9% da MLT. Apesar disso, o CMO desta semana não sofreu grandes alterações quando comparado ao da semana passada.

Fonte: ONS

Fonte: ONS

O ONS informa a previsão de ENA semanal, que é utilizada como dado de entrada para o modelo Decomp na definição do PLD. Nos gráficos abaixo consta a informação semanal realizada e prevista, assim como os resultados gerados pelo modelo como previsão de evolução do armazenamento para as semanas seguintes e o próximo mês. A expectativa é de que a ENA se mantenha acima da Média de Longo Termo nos submercados Sudeste e Sul. Já nos submercados Nordeste e Norte, espera-se que a ENA fique abaixo da média nesta semana. Além disso, com relação ao início de julho, é esperado que ocorra uma diminuição da EAR até o final do mês nos submercados Nordeste e Norte, enquanto que no Sudeste e Sul, a EAR deve aumentar.

Fonte: ONS/CCEE

Fonte: ONS/CCEE

Baseada na ENA mensal revisada na semana, o ONS realiza casos de sensibilidade para a semana seguinte com limites superior e inferior.  A figura abaixo ilustra os limites considerados de ENA mensal prevista para julho, assim como o valor esperado de Energia Armazenada para a próxima semana e para o mês de agosto.

Fonte: ONS

Fonte: ONS

Impactos no CMO – Semana 5

O PLD praticamente não sofreu alteração com relação à semana passada em todos os submercados.

No Sudeste, com a redução da previsão de afluências, o preço aumentou R$2/MWh. Além disso, devido a verificação do nível dos reservatórios menor do que se era esperado, o preço sofreu elevação de R$5/MWh.

No Sul, o DECOMP estava prevendo um aumento de R$22/MWh no preço do Sul. Porém, com a previsão de afluências mais otimista neste submercado, o preço reduziu cerca de R$20/MWh. Os níveis de armazenamento verificados foram maiores do que os previstos no Sul, porém o preço do Sul aumentou cerca de R$7/MWh devido a exportação de energia para o submercado Sudeste.

No Nordeste, a previsão de afluências menos otimistas para o Sudeste aumentou o preço em cerca de R$2/MWh.

No Norte, com a redução da previsão de afluências o preço aumentou cerca de R$2/MWh. Além disso, com a atualização dos níveis de armazenamento, os limites de intercâmbio entre Sudeste e Norte deixam de ser atingidos, fazendo com que o preço dos dois submercados fiquem iguais.

As demais atualizações causaram pouco impacto no preço.

A figura seguinte apresenta os fatores que motivaram as mudanças do Custo Marginal da Operação, base para o PLD, do submercado Sudeste.

Fonte: CCEE

Fonte: CCEE

Despacho Térmico – Semana 4 de julho

Algumas usinas com custo variável unitário maior que o CMO estão sendo despachadas por modalidades de Segurança Energética e Restrição Elétrica, cujo ressarcimento se dá via Encargos de Serviço do Sistema.

Mesmo com a queda do CMO de julho, o despacho continua acontecendo em todos os submercados. Foram despachados cerca de 1742 MWm via Segurança Energética no Sudeste e 94 MWm via Restrição Elétrica. No Sul houve despacho apenas da modalidade Segurança Energética, totalizando um montante de menos de 1 MWm. No Nordeste, o despacho se deu via Segurança Energética e Restrição Elétrica em um total de 1.224 MWm e 1,5 MWm, respectivamente. Já no Norte, foram despachados cerca de 208 MWm via Segurança Energética.

METEOROLOGIA

Estamos com padrão de aquecimento das águas do Oceano Pacífico centro equatorial acima do normal, o que caracteriza El Niño. Por enquanto, o El Niño está classificado como moderado e curto. As regiões Sudeste Centro-Oeste, Nordeste e Norte apresentam-se no período seco. Para esta semana, há previsão de precipitação fraca nas bacias do Iguaçu, Uruguai e Jacuí do submercado Sul e nas sub-bacias Paranapanema e Paraná do submercado Sudeste. Não há previsão de chuva significativas nos submercados Nordeste e Norte.

Como reduzir custos na sua empresa

Separamos 6 dicas para te ajudar com a economia de energia no final do mês.

Baixar ebook

Mais notícias sobre Energia Renovável