Categoria já é duas vezes maior do que a de consumidores livres em número de agentes

O número de consumidores especiais já é duas vezes maior do que o de consumidores livres no país, de acordo com dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). Atualmente, há 1251 consumidores especiais inscritos na Câmara frente a 631 consumidores livres. No entanto, devido ao perfil de menor demanda por energia, a carga dos consumidores especiais atualmente atuantes no mercado livre ainda é quase seis vezes menor do que o total consumido pelos consumidores livres.

Fonte: Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE)

Fonte: Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE)

O consumidor especial é a categoria de agente que pode participar do mercado livre de energia desde que tenha consumo mensal mínimo de 500KW, o equivalente a uma conta de energia elétrica no valor de aproximadamente R$ 110 mil. Outra condição para a participação deste tipo de consumidor no mercado é a contratação de fontes limpas incentivadas pelo governo, como eólica, biomassa e pequenas centrais hidrelétricas (PCHs), entre outras. Já o consumidor livre tem consumo maior do que 3MW ao mês e pode contratar energia proveniente de qualquer fonte, seja incentivada ou convencional.

Fonte: Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE)

Fonte: Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE)

O número de clientes da Comerc Energia dobrou do início de 2015 para o começo de 2016, para mais de 500 empresas, a maioria na categoria de consumidor especial. Os clientes da empresa que contratam energia de fontes limpas incentivadas recebem o Certificado Comerc-Sinerconsult de Energia Renovável, que atesta a quantidade de emissões de gases de efeito estufa evitadas pelo uso de energia limpa e pode ser utilizado de diversas formas pelas empresas.

Como reduzir custos na sua empresa

Separamos 6 dicas para te ajudar com a economia de energia no final do mês.

Baixar ebook

Mais notícias sobre Energia Renovável