índice Setorial Comerc – Coluna Mercado Aberto, da Folha de S. Paulo em 06/10/2015

A demanda de energia no mercado livre (para grandes consumidores, como shoppings e fábricas) recuou 2,97% em agosto, na comparação com o mesmo mês de 2014, segundo a comercializadora de energia Comerc.

A empresa registrou quedas no consumo – decorrentes da desaceleração da atividade econômica – em todos os meses de 2015. Em agosto, o segmento de veículos e autopeças foi o que teve o pior desempenho (-13,26%).

O enfraquecimento na demanda ajudou a manter o nível de água nos reservatórios do país, o que gerou, por sua vez, recuo nos preços.

Hoje, a energia comercializada para 2016 está ao redor de R$180 o megawatt-hora. No início do ano, o valor ultrapassava R$300.

“Houve ainda uma redução de cerca de 5% no consumo residencial por causa do ajuste tarifário. Isso também influenciou [na manutenção do nível dos reservatórios]”, diz o presidente da companhia, Cristopher Vlavianos.

Como reduzir custos na sua empresa

Separamos 6 dicas para te ajudar com a economia de energia no final do mês.

Baixar ebook

Mais notícias sobre Energia Renovável