Destaque

Covid-19: Distribuidoras aderem à Conta-Covid e pedem R$14,8 bilhões

Por Comerc Energia 14/07/2020

Compartilhar

Covid-19: Distribuidoras aderem à Conta-Covid e pedem R$14,8 bilhões

Por Comerc Energia 14/07/2020

Sistema tarifário está suspenso até dezembro e consumidor terá apenas bandeira verde na fatura de energia

O setor elétrico está sendo muito impactado pelas medidas adotadas em prevenção ao novo coronavírus. A desaceleração econômica reduziu o consumo de grandes consumidores, como indústrias e comércios, a inadimplência aumentou, o corte de energia foi proibido e os reajustes adiados.

Em efeito cascata, os caixas das distribuidoras sofreram. E para aliviar esse cenário, o Ministério de Minas e Energia (MME) e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) lançaram a Conta-Covid.

O principal objetivo é assegurar a liquidez dessas distribuidoras, que são as grandes arrecadadoras de recursos do setor, além de proteger os consumidores de elevações tarifárias no momento de crise.

Essa definição está na análise desenvolvida pela MegaWhat Consultoria, empresa da Comerc Energia voltada para inteligência e conteúdo do setor elétrico, Resultado da Regulamentação da Conta-Covid.

Após a regulamentação, a Aneel registrou a adesão de 49 das 53 distribuidoras de energia à Conta-Covid. Somando, assim, o empréstimo de R$ 14,8 bilhões.

Bandeira verde até dezembro

Uma das medidas de proteção ao consumidor de energia durante o período de pandemia foi a suspensão do sistema de bandeiras tarifárias. Sendo assim, a bandeira tarifária verde será acionada até dezembro deste ano.

A decisão foi motivada porque a conta-covid já cumpre a função de compensar a perda de receita às distribuidoras durante esse período.

Quer ficar por dentro de tudo? Acesse a MegaWhat:

0 Comentários