Dia Mundial da Eficiência Energética: alternativa de como economizar energia

Brasil tem alto potencial de investimento econômico e sustentável com projetos de eficiência

Eficiência energética é a atividade que busca reduzir o consumo de energia para a produção de um mesmo produto ou serviço, considerando soluções de acordo com a realidade de cada cliente. Com o aumento significativo nas tarifas e o cenário de redução em suas receitas, as empresas têm buscado essa atividade como solução para economizar os gastos com energia.

Em um estudo realizado pela ACEEE (American Council for an Energy-Efficient Economy) em 2016, o Brasil ficou em penúltimo lugar no ranking que enumerou a eficiência energética de 24 países, ficando atrás de Índia, Tailândia e Indonésia.

Considerando ainda os investimentos (US$/per capita) feitos nos projetos de eficiência, estamos em 13º lugar ao investir US$ 3,29 enquanto a líder do ranking, Alemanha, investiu US$ 318,49.

Ranking de eficiência energética ACEEE
Fonte: ACEEE

 

Além disso, nos últimos 3 anos, foram desperdiçados 143.647 GWh de energia, o equivalente a 1,4 vezes da geração de energia de Itaipu, em 2016, devido a perdas e desperdícios no consumo de energia.

Potencial de Economia do Setor de 2016
ABESCO Potencial de Economia Setor 2016

 

Uma das alternativas para propiciar economia com o consumo de energia elétrica seria o investimento em mais medidas de eficiência energética. Com a busca da otimização do uso de fontes de energia, temos um alto potencial de investimento com ganhos econômicos e sustentáveis.

“Precisamos quebrar o paradigma no Brasil de que Eficiência Energética é um gerador de custos, quando na verdade, é uma ação que possibilita a redução de gastos de forma perene, que pode garantir maior rentabilidade e competitividade em um mercado cada vez mais globalizado”, explica Marcel Haratz, Diretor da Comerc ESCO, unidade de eficiência energética do grupo Comerc Energia.

Benefícios de realizar projetos em Eficiência Energética

Uma das principais vantagens é a possibilidade de redução de custos com a substituição por equipamentos mais eficientes que reduzem, consequentemente, os custos com energia elétrica. Com a implementação desses projetos, também é possível aumentar a produtividade e confiabilidade, por exemplo, em equipamentos como motores, refrigeradores e compressores de ar. Os projetos diminuem a ocorrência de quebras nos equipamentos, paradas não programadas, além de diminuir horas improdutivas de trabalho das máquinas.

Considerando a emissão de CO² causada pela geração de energia, a redução no consumo energético implica diretamente na redução da emissão desse gás, sendo assim a aplicação de projetos em eficiência energética também torna o consumo de energia mais sustentável.

No Brasil, o custo de não implantar medidas de eficiência energética nas empresas pode ultrapassar em torno de 20% do valor da conta de energia. Clique aqui para saber mais.

Sobre a Comerc ESCO

A Comerc ESCO foi criada em 2015 para atender a demanda por projetos de eficiência energética no Brasil. Estudos específicos são desenvolvidos considerando a necessidade do cliente.